POR QUE NÃO FOI GABRIEL?

Oi meninas,

Eu fiquei exatamente um mês longe do blog, por crise existencial mesmo. Mas confesso que nesse último mês passei por diversos perrengues que me fizeram refletir se eu queria continuar escrevendo, se queria continuar lecionando??? Sabe aquela coisa de indecisão e intolerância zero de gestante….estou eu nesse período! Afff…. A minha vontade era de fugir do mundo, mas cá estou! De volta! Espero que mais firme e forte com textos legais para vocês….

 

E voltando eu gostaria de iniciar explicando o porquê que o meu Baby 3 não se chamará Gabriel?! Muitas amigas me perguntaram, então aqui vai…

 

Quem falou nesse nome, Gabriel, foi a minha filha Bianca, no ano passado ao premeditar que ela teria um irmãozinho quando ela fizesse 4 anos (Mamãe, quando eu fizer 4 anos, o ano que vem, vou ganhar um irmãozinho que se chamará Gabriel!). Na hora eu não me importei muito pois a Laura devia ter uns 3 meses, (e eu pensei coisa de criança!), mas dois meses depois eu pensei que estivesse grávida (sabe aquele achismo, será que estou grávida?!). Ainda bem que esse achismo não se confirmou, eu passei a tomar o anticoncepcional certinho (por menos de um mês, kkkk), mas como não lembro de tomar nem com meu marido me lembrando, fiquei tomando desreguladamente até que pá pummm!

Veio a grande e assustadora notícia….POSITIVO!! E desde então tem sido uma loucura, suspeita de dengue, trabalho, duas filhas, gestação, problemas pessoais, complicações no trabalho, birras, trabalho, casa, marido, três filhos enfim coisas do cotidiano diário de cada um!!!

Mas veio a indecisão, colocamos Gabriel por conta da Bianca ou escolhemos outro. Perguntei a ela, “Bianca se for menino você gostaria que seu irmão se chamasse o que?”, ela respondeu “João Vitor!” (ahhhhh, nada contra o nome mas não gosto de nomes compostos) e “se for menina”, “Lívia”.

Começamos a busca pelo nome de menino e menina. E ao sabermos que seria um menino, demos três opções a ela (sim ela escolheu o nome dele assim como escolheu o nome da Laura), Samuel, Felipe ou Gabriel. E ela escolheu Samuel!!!!

Agora segue a belíssima história do Samuel….

O nome Samuel é hebraico e significa aquele a quem Deus ouve ou ouvido por Deus. Ele foi o último dos juízes e o primeiro dos profetas na história de Israel e sua história está contada e registrada na bíblia.

Ele era filho de Ana e Elcana, viveu por volta de 1095 AC e de acordo com as escrituras Ana, sua mãe, não podia ter filhos. Ela orava tanto pedindo esta bênção ao ponto de seu marido Elcana pensar que ela estava bêbada, pois via sua boca se movendo continuamente, sem sair som. Na verdade Ana intercedia ao Senhor todos os dias, a todo momento pedindo a realização deste sonho.

Quando soube que estava grávida Ana já planejava levar o menino para crescer na casa do Senhor e consagrá-lo a Deus. E assim foi feito no seu devido tempo. Samuel cresceu acompanhado pelo sacerdote Eli e conforme o menino crescia, a cada ano sua mãe lhe levava uma túnica.

De acordo com as escrituras Samuel era ainda pequeno quando ouviu o Senhor lhe chamar, num tempo em que a Palavra do Senhor era muito rara e e visões não eram frequentes. Certa noite ouviu uma voz “Samuel, Samuel” e acordou, foi até Eli e disse “Eis-me aqui, pois me chamaste”. Eli esclareceu que não o chamou. Isso ocorreu ainda mais duas vezes até que Eli percebeu que o próprio Deus estava chamando o menino e o instruiu a se prontificar quando o Senhor o chamasse novamente.

E assim ocorreu. Samuel voltou para o templo do Senhor (lugar onde também dormia naquela noite) e quando ouviu o Senhor o chamando novamente respondeu “Eis-me aqui Senhor fala que o teu servo ouve”. E foi desta forma que o Senhor começou a palestrar com Samuel.

Ele crescia na presença de Deus e toda Israel desde Dã até Berseba, conheceu que era um escolhido de Deus. Ele foi um profeta conhecido como correto, justo, com grande discernimento; diferente até mesmo dos filhos de Eli que foram excluídos do sacerdócio.

Foi Samuel que ungiu os reis Saul e depois Davi. Além disso, incentivou outros jóvens que desejavam seguir um chamado da parte do Senhor e exortava a todo o Israel ao arrependimento. Em uma de suas falas disse: “Se é de todo vosso coração que voltais ao Senhor, tirai dentre vós os deuses estranhos e os astarotes, e preparai o coração ao Senhor, e servi a ele só, e ele vos livrará das mãos dos filisteus(ISm 7:3).

 

Lindo a história de Samuel, e a escolha desse nome foi perfeita para o bebê número 3, pois combina ainda mais por ter sido uma gravidez tão inesperada, mas com um menino muito desejado e amado!!

Mas hoje eu digo “Eis me aqui senhor! Pois serei a mãe de Samuel e serei eternamente grata por gerá-lo em meu ventre. E com a sua graça e benção terei exito em minha jornada de boa mãe!”

 

 

Se gostou, dê um like e compartilhe essa ideia…e se você tem alguma história ou texto comovente, por favor comente e vamos conversar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags :
Voltar ao artigo anterior
Ir ao próximo artigo

Sobre Vanessa Almeida Moyses

Oi meninas, sou a Vanessa, Mãe de duas princesas, Bianca com 3 anos e Laura com 5 meses, alem disso sou dona de casa, professora escolar e blogueira. Tenho diversos hobbys, o que mais me realiza é ser mãe em tempo integral e descobrir como realizar as tarefas de maneira mais fácil e didático possível em benefício das minhas meninas.

Deixe uma Resposta

Prometemos não incomodar.
Os campos com * são obrigatórios.

*

Voltar ao Topo