ENTENDA O SONO DO BEBÊ

Oi meninas,

Hoje conversaremos sobre como é o funcionamento do sono nos bebês, assunto este bastante corriqueiro e falado entre as mães… Mas lembre-se de nunca dizer…”Nossa eu queria dormir como um bebê!”. Eu não sei de onde veio essa expressão mas com certeza a pessoa que inventou não sabia direito como um bebê dorme!

Nosso sono é regulado por um relógio interno, chamado de relógio biológico ou circadiano, que nada mais é do que um mecanismo regido pela sequencia das horas do dia, que curiosamente segue um dia com cerca de vinte e cinco horas (ou seja, temos que acertá-lo continuamente). É por meio do relógio biológico que ocorre a adequação da variação de temperatura corporal, da pressão arterial, da secreção hormonal, do sono, da frequência cardíaca, dentre outros acontecimentos corpóreos.

O padrão circadiano do bebê, não é o mesmo de uma criança maior que, por sua vez, difere do adulto e, este, do idoso. Mas afinal de contas como os bebês dormem?

Como foi dito acima o bebê não nasce com o ritmo circadiano do adulto. Os ciclos de dormir e despertar dele espalham-se pelo dia e pela noite, gradualmente estabelecendo um padrão definido de sono diurno e noturno. O seu relógio biológico só começa a amadurecer por volta de seis a nove semanas de vida (lembra do meu período de adaptação da rotina, se não clique aqui pra rever) e não funciona regularmente até os quatro ou cinco meses. A medida que o ciclo amadurece, o bebe atinge um ponto onde passa a maior parte do dia acordado e a maior parte da noite dormindo. E por volta dos nove a dez meses, os períodos de sono do bebê consolidam-se de tal forma que ele acorda e dorme no mesmo horário todos os dias, e os períodos de sono são mais longos.

babies-869264_1280Os bebê passam pelos mesmos ciclos de sono que os adultos, mas os deles são mais curtos e mais numerosos. Além disso, passam muito mais tempo no sono leve do que os adultos, e têm muito mais estágios intermediários de breve despertar (isso explica porque bebês acordam com barulhos fortes e com cerca de 40/50 minutos de sono). Mas há duas razões para isto ocorrer. Primeira: está ligada ao desenvolvimento. O padrão de sono do bebê facilita o desenvolvimento cerebral e físico, que nos primeiros dois anos cresce de forma astronômica (ou seja é natural, pois ele precisa se desenvolver e aprender novas habilidades). Segunda: está ligada a sobrevivência. Eles passam a maior parte do tempo no sono leve e isto se deve ao fato de poderem despertar facilmente das situações ameaçadoras ou desconfortáveis.

Todos os estágios de sono são importantes e atingir a maturidade do sono é um processo biológico. Por isso: “Incentivar o bebê a dormir profundamente logo no início pode não ser muito interessante para a sua sobrevivência ou desenvolvimento.” William Sears

Agora entenda o ciclo do sono noturno usual

  • Sonolento, adormece
  • Sono leve
  • Sono profundo durante cerca de uma hora
  • Breve despertar
  • Sono profundo por cerca de uma ou duas horas
  • Sono leve
  • Breve despertar
  • Movimentos oculares rápidos (MOR): período relacionado aos sonhos
  • Breve despertar
  • Sono leve
  • Breve despertar
  • Sono REM: período relacionado aos sonhos
  • Breve despertar
  • Quase de manhã: outro periodo de sono profundo
  • Breve despertar
  • Sono REM: período relacionado aos sonhos
  • Breve despertar
  • Sono leve
  • Despertar para a rotina diurna

Agora ficou tudo mais claro. #sqn Ainda tenho muitas dúvidas? Por que os bebês acordam em um curto espaço de tempo? Por que não conseguem voltar a dormir sozinhos?

Bem, tudo é culpa do maldito breve despertar. Rs Quando acaba um ciclo do sono e o bebê tem um breve despertar, tudo que ele precisa é voltar a dormir, na verdade tudo que ele quer é voltar a dormir, mas ele não sabe como (ele precisa ser ensinado!). Por exemplo se ele começou a dormir no colo e ele teve o breve despertar no berço, ele se assusta e vai querer o colo para voltar a dormir, pois ele está sendo ensinado assim. É errado?! Claro que não! O bebê faz associações do sono, onde ele relaciona fatos e situações de como ele conseguiu adormecer e acredita necessitar delas sempre.

baby-869249_1920Se você, a longo prazo, não se incomodar em faze-lo dormir seja no colo, seja amamentando, seja embalando, seja fazendo o uso de chupeta ou qualquer outro adorno. Ótimo! Isso com certeza não será problema para você e nem te fará a pior mãe do mundo! Alias vamos acabar com essa historia de que existem mães melhores que outras. Mas no meu caso, sou uma catástrofe pela madrugada adentro, durmo, literalmente capoto, dando de mamar, PRECISO dormir umas 10 horas (só estou exagerando para dizer que preciso dormir muito e com sono de qualidade), logo preciso facilitar minha vida (até mesmo para a minha saúde psicológica e bem estar geral da minha casa). Por isso li muito sobre o assunto, desenvolvi as técnicas ensinadas (pelo menos eu tento, Rs) e preso tanto pela hora do sono (deixo de sair ou programo as saídas). Mas não sou magica e nem lunática!

Mais ainda friso: faça o que for melhor para a sua família!

Mas, Vanessa como posso resolver o problema do sono da minha casa? Preciso dormir? Não consigo fazer nada? Então aguarde as cenas dos próximos capítulos, já já vem post com dicas para melhorar o sono do seu bebê e como prolongar as sonecas (acabar com o maldito breve despertar). No entanto lembre-se esses despertares noturnos fazem parte de um processo natural do ser humano! Não queira que o seu bebê durma a noite inteira já agora, o desenvolvimento e amadurecimento do relógio e do sono demora cerca de 2 anos!

Tente curtir ao máximo, pois passa rápido!! Persistência, persistência e persistência, essa é a alma do negocio! E viva a maternidade sem stress!! Para finalizar segue tabela com as hora médias de sonos diurnos e noturnos dos bebês (mas lembre-se é uma média, seu bebê pode dormir mais ou menos tempo que esse).

Idade Número de Cochilos Duração Total de Hora dos Cochilos Hora de Sono Noturno Total de Sono Noturno e Diurno
Recém-nascido 16 a 18 horas por dia
1 mês 3 6 – 7 8½ – 10 15 – 16
3 meses 3 5 – 6 10 – 11 15
6 meses 2 3 – 4 10 – 11 14 – 15
9 meses 2 2½ – 4 11 – 12 14
12 meses 1 – 2 2 – 3 11½ – 12 13 – 14
2 anos 1 1 – 2 11 – 12 13
3 anos 1 1 – 1½ 11 12
4 anos 0 0 11½ 11½
5 anos 0 0 11 11

 

Se gostou, dê um like e compartilhe essa ideia…e se você tem alguma dica ou assunto de seu interesse, por favor comente e vamos conversar.

Tags :
Voltar ao artigo anterior
Ir ao próximo artigo

Sobre Vanessa Almeida Moyses

Oi meninas, sou a Vanessa, Mãe de duas princesas, Bianca com 3 anos e Laura com 5 meses, alem disso sou dona de casa, professora escolar e blogueira. Tenho diversos hobbys, o que mais me realiza é ser mãe em tempo integral e descobrir como realizar as tarefas de maneira mais fácil e didático possível em benefício das minhas meninas.

1 Comentários

Deixe uma Resposta

Prometemos não incomodar.
Os campos com * são obrigatórios.

*

Voltar ao Topo