O EFEITO DO HORÁRIO DE VERÃO

Oi meninas,

Hoje quero conversar a respeito sobre o efeito do horário de verão, que não ocorre somente com o adiantamento do relógio em uma hora. Uma serie de consequências aparecem no decorrer da primeira semana (ou até se acostumar com a mudança) e os que mais sentem são os bebês, as crianças e os idosos.

Aqui em casa essa semana foi caótica, já no domingo foi difícil fazer minha Bianca entender que já estava de noite mesmo tendo sol e na segunda-feira ela me solta, “Por que você me buscou agora, ainda está de dia?”. Mas o pior não está em explicar o seu significado, mas sim no efeito que essa mudança tem no funcionamento do corpo. É incrível, quando se tem crianças pequenas fica mais visível, o estrago ocasionado por uma horinha a mais. O momento de dormir fica alterado (pra não dizer impossivelmente desastroso, caótico e conturbado).

E isso se dá devido a mudança da dinâmica do hormônio regulador do sono, a melatonina. Esse hormônio passa a ser liberado na ausência de luz. Duas horas antes do horário habitual do sono ela passa a ser secretada e chega a níveis plasmáticos máximos depois de 3 ou 4 horas da liberação. Como escurece mais tarde o hormônio passa a agir mais tarde e consequentemente as crianças sentem sono na “hora errada”.

As crianças que seguem uma rotina estruturada são as que mais sofrem com essa desordem temporal interna, pois o fato de dormir uma hora mais cedo do que o habitual e acordar uma hora mais cedo gera sonolência, irritação e as vezes falta de apetite (não que as outras não sofram com isso também).

Essa semana Laura chorava uma hora e meia pra dormir a noite ( e antes que você fale não adiantava dar colo e nem peito), passou a comer pouco ou nenhuma papa de fruta, acordou mais vezes do que o habitual de madrugada. Já a Bianca ficou mais irritada e perguntou todos os dias, “Mamãe já ta de noite?”, “Ainda tem horário de verão?”. Rs Mas graças a Deus, domingo dia 25 as coisas se estabilizaram mais ( eu consegui dormir 5 horas seguidas, Ufa).

Seguem algumas dicas para amenizar esse tormento:

1-Se possível introduza a mudança no dia anterior ao inicio, adiantando o relógio em uma hora, ou seja os pequenos irão dormir mais cedo do que o normal. Ou se quiser fazer ainda mais gradual comece a mudança na sexta que antecede o horário de verão você poderá acordar 20 minutos mais cedo que o habitual, no sábado 40 minutos mais cedo e no domingo acordar no horário oficial e dormir mais cedo que o normal da mesma forma gradualmente.

2- Não fez o item anterior, então introduza uma mudança gradual e tranquila com relação as sonecas e alimentação durante a primeira semana ou até a total adaptação.

3- Evite sonecas não habituais durante o dia para não compensar as horas perdidas durante a noite.

4 – Diminua a claridade mais cedo e tente dormir com a janela aberta para que acorde com o sol, isso facilitará a sincronização do organismo.

5- Evite atividades físicas ou estimulantes nas horas que antecedem assim como alimentos e bebidas que contenham cafeina e açúcares.

6- Evite refeições pesadas a noite. E como passamos mais tempo acordados por conta da mudança passamos a comer mais, então controle a qualidade da comida.

7- Mas a principal dica pra passar por esse período (início e fim do horário de verão): tenha paciência! Vai passar, vai passar!

 

Se gostou, dê um like e compartilhe essa ideia…e se tem alguma outra dica comente e vamos conversar.

Tags :
Voltar ao artigo anterior
Ir ao próximo artigo

Sobre Vanessa Almeida Moyses

Oi meninas, sou a Vanessa, Mãe de duas princesas, Bianca com 3 anos e Laura com 5 meses, alem disso sou dona de casa, professora escolar e blogueira. Tenho diversos hobbys, o que mais me realiza é ser mãe em tempo integral e descobrir como realizar as tarefas de maneira mais fácil e didático possível em benefício das minhas meninas.

3 Comentários

  1. Rogério J.de Araújo

    Estou meio sem compreender estou me esforçando.Foi você quem criou esta página?

Deixe uma Resposta

Prometemos não incomodar.
Os campos com * são obrigatórios.

*

Voltar ao Topo