DIMINUA O NÍVEL DE ENERGIA DO SEU BEBÊ

Oi meninas,

livro-a-encantadoraHoje eu venho com mais um assunto super discutido no livro rosa da Encantadora de bebês Tracy Hogg e Melinda Blau….Como diminuir o nível de energia para que o seu bebê durma de forma tranquila!

Mesmo que você reconheça que o seu bebê esteja cansado, toda mãe sabe que não basta enfia-lo na cama que ele simplesmente irá dormir tranquilamente. É preciso criar um momento de transição entre a atividade e o sono. Qual método você utiliza? Qual seu ritual do sono? Você o enrola? O embala? Dar de mamar?

 

Enfim seja ele qual for o seu método, o ritual de diminuição de energia deve ser uma sequencia previsível e repetitiva que permita que o bebê aprenda o que deve esperar antes de chegar a hora de dormir. No livro da Tracy ela descreve um método que ela o denomina de Ritual do “Quatro S”, então venha e vamos aprender como ele funciona….

 

1 Etapa – Preparar a situação

Seja nas sonecas noturnas ou nas diurnas, você precisa preparar a situação que nada mais é do que preparar o ambiente, retirar o bebê do ambiente estimulante, levando-o para um lugar mais calmo. Fechar as cortinas se quiser, colocar uma musica suave e manter um certo silencio e tranquilidade nesse ambiente são alguns dos exemplos de preparação do ambiente.

2 Etapa – Agasalhar

newborn-1584746_1920Essa parte do ritual significa enrolar o bebê em uma manta. Por que se deve realizar esta pratica  tão antiga? Antes dos 3 meses, os bebês não tem o controle dos braços e das pernas, que ao contrario dos adultos ficam mais agitados quando estão cansados e acabam sacudindo seus membros e acordando ainda mais. Então enrolar o bebê em uma manta nada mais é do que mais uma forma de remover a estimulação do ambiente, deixando-o mais tranquilo. Eu utilizei essa pratica até os 6/7 meses mas fui retirando aos poucos o enroladinho (primeiro tira um braço, depois o outro e por ultimo retira tudo). Hoje estou enrolando o Samuel como charutinho, a Laura utiliza o paninho como conforto no rosto e a Bianca as vezes usa como conforto no rosto ou não usa mais.

3 Etapa – Sentar-se

horario-do-bebeDepois de enrolar o bebê, sente-se silenciosamente por cerca de 5 minutos, colocando-o na posição vertical (essa posição vertical eu só usei por pouco tempo, pois os meus filhos ficavam um pouco irritados). Se for um bebê menor, é melhor segurá-lo com o rosto encaixado no seu ombro ou no pescoço para bloquear qualquer estimulação visual. Não nine nem balance (eu sei que é difícil mas tente, eu só uso de vez em quando, pois a longo prazo isso não ninar ou balançar irá te ajudar a não criar uma paternidade acidental). O ideal é que você o deite antes dele dormir, mas as vezes isso não é possível, mas será o nosso objetivo a longo prazo. E ao deitá-lo diga “Agora, você irá dormir, nós nos veremos quando você acordar.” Se ele se mantiver calmo e tranquilo saia do quarto e espere que ele adormeça sozinho, caso contrario partiremos para a próxima etapa.

4 Etapa – Silenciar e dar tapinhas ou PU/PD

Se o bebê estiver agitado ou começar a chorar quando você o deitar no berço, ele precisará de uma intervenção física. Este é o ponto que a paternidade acidental mais aparece (com o uso de chupetas, ninando ou algum outro tipo de acessório), mas utilize uma das técnicas descritas a seguir para ajudar o seu bebê a dormir. A técnica de silenciar ou dar tapinhas deve ser utilizada com crianças menores de 3 meses e a técnica de PU/PD para crianças maiores de 3 meses até 1 ano. A técnica de silenciar e dar tapinhas consiste no seguinte – dar tapinhas no centro das costas perto das escapulas com um movimento suave, rítmico e firme como se fosse um tique-taque de um relógio ao mesmo tempo em que sussurra o barulho de shhhh com a boca um pouco atrás dos ouvidos  e deve ser utilizada com o bebê deitado no berço mas caso ele não se acalme após você iniciar volte ele para a posição vertical perto do ombro e continue o procedimento. Para crianças maiores de 6 meses o silenciar e dar tapinhas pertubará ainda mais o sono, então concentre as energias na técnica a seguir. A técnica de Pu/PD é o ultimo recurso utilizado após todo o ritual do “Quatro S” mas essa técnica não é magica, requer um esforço gigantesco, então tenha ajuda para utilizá-lo. E se ligue nos detalhes a seguir. Quando a criança chora, você entra no quarto e tenta confortá-la no berço com palavras e mãos suaves nas costas. Se ela não parar de chorar, você a pega no colo. Porém, coloque-o no berço no minuto em que ela parar de chorar (nem um segundo depois). Você o está confortando e não fazendo-o dormir – lembre que estamos ensinando-o a dormir sozinho. Se ao pegar no colo o bebê chorar e arquear as costas, no entanto, coloque-o no berço imediatamente. Porém mantenha o contato colocando a mão firmemente nas costas e diga “Está na hora de dormir, querido, você vai dormir agora!” Mesmo que o bebê chore no minuto em que sai dos seus braços ou enquanto é colocado no berço, deite-o no colchão. Se ele ainda estiver chorando, pegue-o de novo e diga “Você pode chorar, mas papai/mamãe está bem aqui, eu sei que você está com dificuldades para voltar a dormir por isso estou aqui para ajudá-lo.” Essa sequencia de tarefas deverá se repetir quantas vezes forem necessário, se o bebê se acalmar saia do quarto e deixe-o dormir sozinho. Em média o PU/PD demora cerca de 20 minutos, mas pode chegar ate 1 hora ou mais. Tenha paciência, paciência e paciência (Ele funciona!!!).

 

Agora que você leu e viu como funciona o Ritual do “Quatro S”, já está craque e sabe como fazer tudo direitinho, né?! #sqn Então veja agora o vídeo que eu fiz mostrando na prática o ritual e tire suas dúvidas, depois faça em casa com seu baby e venha me contar como foi? Se você utiliza outra metodologia me conta ai como é?!

 

 

 

Se gostou, dê um like e compartilhe essa ideia…e se você tem alguma dica ou assunto de seu interesse, por favor comente e vamos conversar.

Tags :
Voltar ao artigo anterior
Ir ao próximo artigo

Sobre Vanessa Almeida Moyses

Oi meninas, sou a Vanessa, Mãe de duas princesas, Bianca com 3 anos e Laura com 5 meses, alem disso sou dona de casa, professora escolar e blogueira. Tenho diversos hobbys, o que mais me realiza é ser mãe em tempo integral e descobrir como realizar as tarefas de maneira mais fácil e didático possível em benefício das minhas meninas.

Deixe uma Resposta

Prometemos não incomodar.
Os campos com * são obrigatórios.

*

Voltar ao Topo